Adenomas Hipofisários

São tumores que crescem na glândula hipofisária e podem ser produtores de prolactina, adrenocorticotrófico hormônio e hormônio do crescimento ou não produtores. Cursam quando volumosos com perda visual e distúrbios hormonais como aumento de prolactina e amenorreia. A Ressonância é o melhor método para diagnóstico e muito útil em microadenomas. Os produtores de hormônio devem ser tratados sempre com cirurgia quando não respondem ao tratamento medicamentoso. O tratamento para prolactinomas tem como base o Parlodel ou o Dostinex, e os produtores de GH o octreotídeo pode ser usado. O tratamento cirúrgico atual deve ser com endoscópio endonasal e os resultados são bons quando são restritos a sela. Em casos de invasão do seio cavernoso, a radiocirurgia está indicada.